Ter ou Não Ter Um Animal?

dono_e_cão
4-dezembro-2009
bichosaudavel
  1. VanOr disse:

    O racismo canino e felino (“só quero um bichinho se for da raça tal) um dia será justamente elevado ao rol dos absurdos politicamente incorretos. Cool mesmo é o popular SRD, sem raça definida, a raça mais parecida com o caldeirão étnico e cultural brasileiro. Não que um poodle ou um labrador não sejam maneiros, mas cachorro bom é cachorro saudável, e raça é o que menos deveria importar na hora de adotar de um cão.

    Aliás, raça quase nunca pesa na hora de adotar um gato. Quem gosta de gato, gosta de qualquer gato, então não sei porque as pessoas são tão particulares em relação a cães. Talvez seja medo de adotar um animal supostamente PP que poderá se tornar GG. Ou talvez seja só compulsão por moda, filme ou novela, vá saber. Tsc, tsc.

  2. carol dória disse:

    eu sempre tive vira-latas e eles sempre me surpreenderam de forma positiva. tenho dúvidas se os animais de pequeno porte são os que devem ser sugeridos para quem mora em ap. o que vc acha?

  3. rtercsn451 disse:

    Oi Carol,

    a caracteristica individual de cada cão, aliada a raça, são fatores mais importantes que o tamanho do animal. Eu adoro os vira-latas, mas nem smepre podemos prever em um filhote como ele se desenvolverá.
    Os cães grandes necessitam de tudo em maior quantidade (ração, medicamentos, espaço) e consequentemente custam mais caro.
    Abraço
    Rita Ericson

  4. Aline Wettreich disse:

    O comentário da Vanor mostra um racismo na direção oposta, ou seja, critica de uma maneira pejorativa a opção de alguém por determinada raça. Nem ser viralata nem ser de raça determina ou não certas características. Assim não vejo problema de se escolher uma raça por que motivo for. Levar um cachorro pra casa e não satisfazer suas necessidades físicas e mentais é que são atitudes que devem ser criticadas pelos que amam animais. Por que escolhi Golden Retriever ? Por ter maiores chances de ter um cachorro do temperamento que o Golden tem, pois comprei num canil excelente onde pude conhecer os pais, onde a cachorra foi amamentada até o necessário, onde a ela foram ensinadas regras de convívio com seus irmãos, enfim… Nunca tive cachorro e por isso tinha receio de pegar um cachorro que poderia ter algum trauma e eu não saber lidar. Achei que era mais provável dar certo com um cão de origem conhecida. É isso aí !!

  5. João Rocha disse:

    Sempre gostei de animais:Cchorros, Gatos,Pássaros,Cavalos, Galinhas etc. Más tudo isso, na casa ou nos sítios dos outros. Isto, pois a responsabilidade de criar, e especialmente os custos, especialmente VETERIRINÁRIO, para min são altíssimos. E infelizmente, estou a um passo da separaçao com minha esposa, uma vez que em quatro anos de relacionamento ela adotou um GATO na RUA, adotou uma GATA tb na RUA, esta deu cria dos sete filhotes ficou Dois. Todos os Quatro castrados. Tico, Tica, Trombadinha e Oncinha. Todos uma graça e carinhosos. Não dão o mínimo trabalho. Agora, nossa vida pode mudar o curso devido os cachorros. Nem tínhamos onde colocar, ela adotou uma cadela de RUA. Logo a seguir outro de RUA. Como não tinha lugar, eram criados numa lage da vizinha. Mudamos para outra cidade, com um bom espaço. E ai começou meu sofrimento. A Cachorra, deu 06 filhotes. Então veja as despesas de Quatro gatos e 08 cachorros para quem é Funcionário Publico Municipal de São Paulo. Sou apenas um motorista do Serv. Funrário. E até que alimentação, em média 300,00 mensais, dá para pagar. Agora Veterinário ????????? Em 06 meses mais de 2.400,00. E agora, estamos no ápice da separação. Não tenho a mínima condição de atender esta paixão dela pelos animais. Me ajudem. Não é admssível, animais destruir uma família. Não sei o que fazer. 11-4619.4137

  6. rtercsn451 disse:

    Olá João,

    procure o serviço veterinário municipal de São Paulo.
    Aqui no RJ existe um instituto (http://www0.rio.rj.gov.br/ijv/index.shtm) que oferece serviços veterinários a preços populares.
    Recomende a sua esposa que castre todos os animais, se não fossem as crias, o número de animais estaria controlado.
    Existem vários locais que realizam castração gratuita, como http://www.arcabrasil.org.br/.

    Abraço
    Rita Ericson

Faça sua pergunta!

Esta é a decisão mais difícil. E não pode ser tomada por impulso. Por isso sou contra a venda de animais em vitrines e só de pensar em caixotes na rua…socorro!

Não se decide ter um animal de estimação enquanto se faz compras, deve-se pensar muito bem, consultar todos os integrantes da família e chegar a uma decisão conjunta.

Muito antes de pensar na espécie e raça, deve-se considerar se “cabe” um animal na sua vida :

  1. a expectativa de vida de cães e gatos gira em torno de 15 anos
  2. em caso de viagem, mudança e até mesmo separação o animal deve ter onde ficar com segurança e carinho
  3. animais não são descartáveis nem vem com garantia! eles podem adoecer e dar muito trabalho
  4. cães precisam passear, e não saem sozinhos…

Uma vez decidido, pense na espécie e na raça. O fato do animal ser de raça, não garante que ele se comportará como se espera, mas é claro que as características físicas se mantém. EU AMO VIRA-LATAS. Tanto caninos quanto felinos, eles geralmente são mais rústicos e simpáticos. Eu sou a favor da adoção, sempre. A internet está cheia de opções. Existem também órgãos oficiais da prefeitura do Rio,  IJV (www.rio.rj.gov.br/ijv/) e SEPDA (http://www.rio.rj.gov.br/web/sepda/) que oferecem animais para adoção, com responsabilidade.


Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato