Vacinas em Cães e Gatos – Quando e Quais Usar?

vacina
  1. Rita Ericson disse:

    Olá Mel,

    não acredito que a 1a dose foi realizada no mesmo dia do reforço.
    Muitas vezes, as carteiras de vacinas são confusas.
    Leve-o para vacinação (já está na hora!) e o/a vet vai “destrinchar” estas informações para você.
    MAnde noticias.
    Abraço
    Rita Ericson

  2. Mel disse:

    Obrigada Rita!! Tudo esclarecido agora, já levei a Mel no Vet. realmente só tinha tomado uma unica vez a vacina. Agora tudo certo, vamos colocar em dias. Obrigada!!

  3. Duda disse:

    Eu peguei um cachorro e ele tem 2 anos, só q eu nao dei nenhuma vacina e ele nao tem a cardeneta de vacina, e ele pegou doença de carrapato (estou tratando com medicamentos) o q eu faço para poder dar vacina nele, quando dar, etc?

  4. Rita Ericson disse:

    Olá Duda,

    converse com o/a vet que está tratando dele.
    O ideal é vaciná-lo assim que ele estiver saudável, curado da doença do carrapato.
    Mande noticias.
    Abraço
    Rita Ericson

  5. Paulla disse:

    Olá Dra. Rita!
    Adotei uma cachorrinha que tem entre 01 e 02 anos, tomou a vacina V10 pela primeira vez há 13 dias, preciso dar outra dose?
    Ela foi castrada 3 dias atrás, se for preciso reforçar a vacina devo esperar quanto tempo após a castração?
    Desde já, agradeço a atenção.
    Abraço!

  6. Rita Ericson disse:

    Olá Paulla,

    os cães adultos não precisam repetir a vacinação mensalmente, só 1 vez por ano.
    Ela tomou a anti-rábica também?
    Abraço
    Rita Ericson

  7. Paulla disse:

    Sim Dra., a única vacina que a cadelinha recebeu foi a anti-rábica em setembro do ano passado, segundo a antiga proprietária.
    Quando a adotei no dia 20/01/13, a levei para tomar a V10 e me disseram que era bom reforçar a vacina com mais uma dose 21 dias depois já que ela nunca havia sido vacina antes.
    Por isso a minha dúvida já que ela tem mais ou menos 1 ano de idade, é preciso reforçar a vacina V10 se ela já tomou uma dose dias atrás?
    Obrigada!!!

  8. Marcelli disse:

    Olá ! Ganhei uma yorkshire que vai fazer 5 meses. Ela tomou somente a primeira dose da vacina Recombitek e não repetiu mais depois disso. Só que nesse periodo de carnaval tenho que viajar e não há quem fique com ela. Tenho 3 dúvidas: 1º- Como faço, tenho que repetir novamente as 3 doses da vacina? 2ª – Quais os riscos de leva-la pro sítio que vou? 3ª – Seria recomendável eu vacina-la nesta semana antes do carnaval? Se puder me ajudar eu agradeço muuuito !!

  9. Sandra Andrade disse:

    Doutora, se um gato for vacinado contra raiva num intervalo de 2 meses, terá algum efeito colateral? Meu gato foi vacinado em novembro de 2012!Mas perdi o cartão de vacina e agora gostaria de castrá-lo! Preciso comprovar que ele está vacinado!Se eu vaciná-lo novamente,neste mês de fevereiro\2013, será ruim para ele?
    Obrigado!

  10. cris disse:

    olá,Dra tenho um gato e um cãozinho,o gato nunca foi vacinado e está com tosse e espirra catarro,pode ser leptospirose?o cachorro tomou 2 doses davacina contraleptospira,ele esta com 1 ano.ele pode pegar a doeça do gato,já que tomam água na mesma vasilha?obgada pela atenção.

  11. Rita Ericson disse:

    Olá Paulla,

    os fabricantes das vacinas recomendam que seja realizada uma 2a dose, já que ela nunca tinha sido vacinada.

    Abraço
    Rita Ericson

  12. Rita Ericson disse:

    Olá Marcelli,

    1a e 3a : é recomendado que ela tome uma 2a dose da vacina.
    2a: Se ela entrar em contato (direto ou indireto – secreções, fezes, urina) com outro cão não vacinado, pode contrair uma virose.

    Abraço
    Rita Ericson

  13. Rita Ericson disse:

    Olá Sandra,

    não há problema em vaciná-lo novamente.
    Se ele foi vacinado numa clinica, você pode pedir uma 2a via da carteira de vacinação, eles devem ter o registro da data.

    Abraço
    Rita Ericson

  14. Rita Ericson disse:

    Olá Cris,

    os gatos não apresentam leptospirose, mas existem outras patologias que causam sintomas respiratórios.
    Leve-o para atendimento veterinário.
    Em geral, as viroses são espécie-especificas, isto é, não ocorre contaminação do ato para o cão e vice-versa.
    Mande noticias.
    Abraço
    Rita Ericson

  15. Luciene Aquino disse:

    Olá Dr, tenho um labrador e dei a primeira vacina nele e ele ficou amoado, nao quer comer, o pouco que comeu ele botou pra fora, depois vomitou e agora esta vomitando uma secreção espumosa to muito preocupadaa, o q façoooo?

  16. Rita Ericson disse:

    Olá Luciene,
    estes sintomas podem ser uma reação pós vacinal, mas também podem ter outra causa.
    Se os sintomas persistirem, leve-o para atendimento veterinário.
    Mande noticias.
    Abraço
    Rita Ericson

  17. rita disse:

    Boa tarde ,Dra. Meu cao tem 11anos,vacinado semestralmente e anualmente com todas as vacinas necessárias. Poderia parar de vaciná-lo? Á partir dessa idade não é perigoso contrair a doença da vacina? Obrigada.

  18. Rita Ericson disse:

    Olá Rita,

    nesta fase da vida, os animais tendem a ficar imunodeprimidos e contraírem doenças se não forem vacinados.
    Abraço
    Rita Ericson

  19. Leila disse:

    Bom dia! Minha cadelinha pariu 6 filhotes. Hoje, eles completaram 63 dias e eu chamei um veterinário para vaciná-los com a vacina IMUNO-VET. Estou desesperada porque no momento da vacinação, eu acabei confundindo os filhotes e já não sei mais quem tomou e quem não tomou porque, ao final, sobrou uma vacina. O que eu faço agora?
    Por favor, me ajudem! Eu preciso vender os filhotes e não sei o que dizer aos futuros donos deles. Me ajudem, por favor!
    Obrigada, desde já!

  20. Rita Ericson disse:

    Olá Leila,

    você precisa dizer a verdade!
    Os filhotes precisarão ser vacinados novamente, não dá para correr este risco.
    Abraço
    Rita Ericson

  21. Auricelia disse:

    Olá, meu gatinho esta com feridas na orelha, me indicaram o Organnact Prata Spray, depois que comprei li que não pode ser usado em gato e agora, será que uso nas orelhas dele?

    mande uma dica por favor.

    Att,

    Auricelia

  22. Rita Ericson disse:

    Olá Auricelia,
    as doenças dermatologicas apresentam sintomas muito parecidos.
    É impossivel opinar sem xaminar seu animal.
    As vezes é necessario realizar exames para definir o diagnostico.
    Leve-o para atendimento veterinario.
    Mande noticias.
    Abraço
    Rita Ericson

  23. BRENNO SOARES disse:

    Bom dia doutora, estou com uma dúvida, comprei uma poodle a praticamente um mês, já comprei ela com 6 meses e atualmente tem 7 meses, o que acontece que do cara que eu comprei ela, ele disse que ela só foi vacinada uma mês(só tomou uma dose da vacina) e agora eu não sei o que fazer, duas semanas atrás minha sobrinha de 1 ano tentou sufocar a cachorra e ela ficou como se tivesse engasgada na hora e depois não aconteceu mais nada, quando foi hoje ela veio apresentar as mesmas coisas, como se tivesse engasgada, não vomitou, mas eu vi que ela queria, mais não conseguiu colocar nada,agora tenho minhas dúvidas, pode me ajudar? será se ela está com a tose canina ou algo assim?

  24. Leila disse:

    Boa noite!
    Dra, Estou com um casal de filhote pug, preciso desverminar, comprei o vermifugo Petzi plus, pois não tinha drontal plus,pois preciso medicá-los hoje 21 dias, gostaria de saber se esse vermifugo é bom ou tem que ser o drontal plus.Te agradeço desde já pela atenção.

  25. Regiane disse:

    Olá, eu tenho uma cadelinha que pegou parvovirose e sobreviveu a doença, mais tarde tive um outro cachorro que se infectou mesmo tem tomado as vacinas, ele ja morreu há mais ou menos um ano, mas eu ainda tenho a cadelinha que pegou primeiro a doença, e agora queria trazer mais um filhote para casa, mas tenho mto medo de acontecer o mesmo … queria sua opnião se acha seguro eu trazer esse filhote
    . obrigada

  26. Rita Ericson disse:

    Olá Brenno,
    este sintoma pode ser compativel com a gripe canina sim.
    Leia o texto:
    http://www.bichosaudavel.com/gripe-canina-ou-tosse-dos-canis/
    É importante saber com que idade ela ofi vacinada e se tomou a vacina anti-rabica.
    Mande noticias.
    Abraço
    Rita Ericson

  27. Rita Ericson disse:

    Olá Leila,
    pode usar este vermífugo, sem problemas.
    É importante pesá-los e dar a dose adequada.
    Abraço
    Rita Ericson

  28. Rita Ericson disse:

    Olá Regiane,
    o virus da parvovirose não dura um ano no ambiente, especialmente se os locais foram desinfetados com cloro ou água sanitária.
    Mas é fundamental que este filhote seja adequadamente vacinado.
    Mande noticias.
    Abraço
    Rita Ericson

  29. lana disse:

    Bom dia doutora,
    seguinte: tenho uma fêmea de labrador com 3 meses e meio,apliquei duas doses de v10 e a terceira deveria ter sido aplicada no inicio de março mas não tive dinheiro. Há algum problema em atrasar assim? quais os riscos?
    Aguardo retorno e já agradeço!

  30. Pâmela disse:

    Boa tarde,

    Ganhei uma cadelinha Shih Tzu c/ Poodle semana passada, ela tem 38 dias e nós já começamos a dar o remédio de vermes, porém minha mãe levou ela na pet sem antes ela tomar a primeira vacina, há risco dela ficar doente, algo assim?Aguardo seu retorno. Obrigado!

  31. Rita Ericson disse:

    Olá Lana,
    enquanto ela não estiver com a vacinação completa não é seguro levá-la para passear nem encontrar cães que você não saiba se estão saudáveis ou não.
    Se restarem duvidas, entre em contato.
    Abraço
    Rita Ericson

  32. Rita Ericson disse:

    Olá Pamela,

    ela foi à petshop para fazer o que? Tomar banho?
    Ela pode e deve ser socializada, conhecer a rua (no colo), pessoas e animais saudáveis.
    O que ela não pode é pisar no chão de locais que podem ter recebido cães doentes e ter contato direto com fezes, urina ou animais desconhecidos.
    Abraço
    Rita Ericson

  33. Pâmela disse:

    Olá Dra. Rita,

    Sim, ela foi para tomar banho, no 1º horário, mas ela está bem, creio que não ficará doente… Obrigado pela atenção!
    Abraços

  34. Fabyana disse:

    Olá Dra.Rita
    Eu tenho um filhote de golden retrivier,ele tem 3 meses e alguns dias.
    A alguns dias ele apareceu com a boca e debaixo da boca soltando os pelos,mas ai ficou vermelho.Levei ele no veterinário e ele disse que era fungo e passou uma pomada,eu passei só que o meu cachorro começou a vomitar e ter diarréia.Isso é normal?O que posso fazer?

  35. Rita Ericson disse:

    Olá Fabyana,

    se a região é no queixo, acho dificil que ele tenha conseguido ingerir a pomada.
    Não teria relação com a diarreia se ele não lambeu a pomada.
    Converse com o vet que está tratando dele.
    Abraço
    Rita Ericson

  36. maria messias disse:

    ola dra rita quntas vezes devo dar o vermifulgo para os çaes 10ou2 vezes ao ano

  37. maria messias disse:

    as minhas labradoras estaõ emgordando muito o quintal e´grande mas elas gostam de ficarem deitadas nas casinhas delas o que eu devo fazer vermefulgo eu dou cada 6 meses esta certo agradeço a resposta

  38. Rita Ericson disse:

    Olá Maria Messias,
    depende muito do estilo de vida do seu animal, se ele tem contato com terra, com outros aimais, se a alimentação é feita exclusivamente de ração e se as fezes estão normais.
    Converse com o/a vet que acompanha seu animal.
    Abraço
    Rita Ericson

  39. Rita Ericson disse:

    Olá Maria,
    Os cães devem comer a quantidade indicada no pacote de ração. Se ainda assim estiverem acima do peso, existe a possibilidade de mudar o esquema alimentar.
    Leia o texto:http://www.bichosaudavel.com/obesidade-em-caes-e-gatos/
    Se restarem duvidas, entre em contato.
    Mande noticias.
    Abraço
    Rita Ericson

  40. Mari disse:

    Dra.
    Tenho um boxer de nove anos,devido há multiplos fatores eu náo o tenho podido vacinar ou levar ao veterinario de dois anos pra cá,porém sempre mostrou-se devidamente imune pois a alimentação,e disposição bem como fezes e urina sempre estáveis.Como tem Demodex Cannes diagnosticada desde a sua chegada para nós,algumas partes de pelagem sempre apresentaram queda e posterior escurecimento da pele,o que nos fora dito apenas para sempre manter hidratado ainda que em tempo frio aplicar-se emolientes para näo abrir ferimentos. De uns dias pra cá meu cäo apresentou como que uma virose e tratei-o em casa mesmo,mas apesar de ter sarado da virose sua resistência baixou e a pele escurecida secrecionou(mas tratei com cicratizantes e antinflamatorio),ainda assim a inflamaçao näo diminuiu seu apetite,porém de ontem pra hj mostra-se abatido,cansado e sem apetite,animou-se um pouco depois do banho a até comeu bem pouco mas comeu,contudo hj está a base de soro pois näo parece querer comer nada.Meu desespero é que ainda náo me encontro em condições de leva-lo ao veterinário,e temo ser algo grave,náo se trata de náo amar suficiente ele que me impede de leva-lo ao veterinário,mas uma doença grave em familia canalisa os esforços de tds nesse momento me impedindo de pedir ajuda para meu peludão.

  41. Rita Ericson disse:

    Olá Mari,
    é impossível opinar sem examinar seu animal.
    Leve-o para atendimento veterinário.
    Mande notícias.
    Abraço
    Rita Ericson

    Algumas universidades, instituições e prefeituras oferecem atendimento veterinário a preços populares e/ou gratuitos.

  42. Abdnar disse:

    Minha cachorrinha está com 13 anos,é vacina desde que achei na rua abandonada, deveria ter no máximo 6 meses,Hoje sofre de artrite,artrose,sempre tomando anti inflamatório.há necessidade de tomar vacina ainda?obrigada por me ajudar

  43. Rita Ericson disse:

    Olá Abdnar,

    se ela ainda vai à rua, é importante revaciná-la.
    Os filhotes e os idosos apresentam deficiencias imunológicas, predispondo as viroses.
    Se ela não entra em contato com nenhum ambiente que possa ter fezes, urina e secreções de animais desconhecidos, fique tranquilo.
    ABraço
    Rita Ericson

  44. AbdnardeCastro disse:

    obrigada Dra. pela ajuda.vou leva-la para vacinar ,apesar de ter 13 anos,tendo artrite,artrose.Fico muito preocupada com sua saúde.Vou mandar aplicar a v10. anual.pneumodog.anual e raiva anual também.

  45. Gisele disse:

    Olá Dra. Rita, ganhei um rottweiler com 45 dias perguntei a moça que me deu se já havia dado o remédio de vermes a ele ela disse que sim e que havia dado duas vezes, então eu mandei vacinar ele, depois de 2 dias ele começou a ficar com diarréia, pode ser que ele não tenha tomado o remédio de vermes se for eu posso dar o remédio, ou pode ser da ração? Eu dou pedigree filhote a ele.

  46. tairine disse:

    ola Dra estou com uma duvida enorme tenho um casal de gatos um com aprox 8 anos e outra com 1 … o de 8 foi vacinado só quando filhote e a de 1 nunca foi vacinada … eu devo vacinala como se fosse um filhote ? e o de 8 só o reforço anualmente .obrigada

  47. Rita Ericson disse:

    Olá Gisele,

    existem muitas causas para a diarreia.
    É impossivel opinar sem examiná-lo.
    Converse com o/a vet dele
    Abraço
    Rita Ericson

  48. Rita Ericson disse:

    Olá Tairine,
    os gatos adultos que nunca foram vacinados não precisam do mesmo número de doses que um filhote de 2 meses.
    Leve-a para atendimento veterinário e você será orientada.
    O gato de 8 anos deve ser revacinado anualmente.
    Abraço
    Rita Ericson

  49. joao disse:

    OLÁ TENHO UMA CADELA APARECEU DOIS TUMORES NA REGIAO LOMBAR DELA A LEVEI AO VETERINARIO FOI CONSTATADO UM CANCER, E O MEDICO DISSE QUE FOI PROVENIENTE DE VACINA PARA NÃO ENTRAR NO CIO PORQUE VENDEM ESTE TIPO DE MEDIÇAO CAUSADOR DE DOENÇA…

  50. Rita Ericson disse:

    Olá João,
    difícil opinar sobre a tumoração da sua cadela, mas posso garantir que as medicações injetáveis para evitar cios podem causar efeitos colaterais graves.
    Abraço
    Rita Ericson

Faça sua pergunta!

Todos os cães e gatos precisam ser vacinados.

Mas quais vacinas aplicar? Quando? Até qual idade?

Inicialmente, é importante lembrar que para um animal responder bem à vacinação e ficar protegido, é necessário que ele esteja em boas condições de saúde e nutrição. Não se deve vacinar animais estressados, doentes, parasitados ou que apresentem carências nutricionais.

Os filhotes recém nascidos  possuem capacidade de responder imunologicamente a diferentes vacinas, mas essa resposta é inferior do que aquela em animais adultos. Quando eles mamam o leite materno nos primeiros dias após o parto (este leite se chama colostro), os anticorpos do colostro impedem uma imunização adequada  entre o nascimento e o desmame (ocorre aproximadamente com 10 semanas).
Estes anticorpos maternos no filhote  atrapalham a resposta vacinal, mas não são suficientes para prevenir uma doença.
Por esta razao, nós veterinários iniciamos a vacinacao dos filhotes entre seis e oito semanas de vida e repetimos as aplicações com intervalos de 3 a 4 semanas até 14 ou 16 semanas (4 meses). Este esquema aumenta a chance de evitar doenças contagiosas desde a fase que a imunidade materna estava presente até o momento que o filhote tiver a capacidade de responder bem ao estímulo vacinal.

Há muitos anos, nós veterinários, recomendamos reforços anuais de vacinas contra raiva, cinomose, parvovirose, panleucopenia entre outras. Esses reforços exerceram um papel importante na prevenção de doenças em cães e gatos.

Recentemente, surgiram questões para refletirmos.

Todas as vacinas necessitam de reforços anuais? Estamos vacinando cães e gatos exageradamente? Essas vacinas podem causar danos ?

Essas perguntas precisam de muita reflexão e não existe uma resposta única para todos os animais.

O que determina se uma vacina precisa ou não de reforço, é a duração da imunidade causada por ela. Esta duração é variável para cada doença, sendo longa para cinomose, parvovirose, adenovirose e panleucopenia, e curta (apenas alguns meses), para a leptospirose. Assim o grau de proteção é diferente para cada doença.

Como as vacinas costumam ser múltiplas (mais de uma doença em uma única aplicação) e os estilos de vida dos animais completamente diferentes, existe um protocolo, comum a todos os animais.

CÃES – 3 doses da vacina múltipla (óctupla ou déctupla – cinomose, hepatite, parvovirose, adenovirose, parainfluenza, coronavirose e leptospirose), sendo a primeira dose entre os 45 e 60 dias e reaplicações com intervalos de 3 a 4 semanas.

O filhote só pode sair para passear na rua e se expor ao risco de contato com doenças após o término do esquema de vacinação, aproximadamente aos 4 meses de vida.

GATOS – 2 a 3 doses da vacina tríplice ou quádrupla (rinotraqueíte, calicivirose e panleucopenia e mais a clamidiose, na quádrupla), iniciando aos 2 meses e repetindo com intervalos de 3 a 4 semanas.

ANTI-RÁBICA – em geral, é aplicada na mesma data da última dose de vacina do protocolo dos filhotes. No Brasil, deve-se repetir a vacinação anualmente, durante toda a vida do animal.

Existem outras vacinas disponíveis para prevenir doenças em cães e gatos.

CÃES: “Tosse dos Canis” (saiba mais em http://www.bichosaudavel.com/gripe-canina-ou-tosse-dos-canis/), giardíase e alguns protocolos recomendam a aplicação da vacina contra Leptospirose a cada 6 meses.

A Leishmaniose é uma zoonose importante e precisa ser evitada – já existe uma vacina que pode ser aplicada em cães saudáveis e acima de 4 meses de idade. É fundamental realizar um exame de sangue antes da vacinação – somente animais negativos podem ser vacinados. O esquema de vacinação consiste em 3 doses com intervalo de 21 dias entre elas. A revacinação é anual.

Saiba mais em http://www.bichosaudavel.com/leishmaniose-visceral-canina-precisamos-evitar/

GATOS: Leucemia Felina e Clamidiose.

A eficácia destas vacinas é variável e, em geral a resposta ao tratamento é satisfatória.

As reações indesejáveis à vacinação costumam ser de hipersensibilidade (edema na face e coceira), dor local e/ou febre, mas também podem ser graves como a formação de tumores no local da aplicação (sarcoma principalmente em gatos) e doenças auto-imunes.

Os idosos, apesar de já terem sido vacinados muitas vezes, também são suscetíveis às viroses, especialmente à cinomose.

Os esquemas  vacinais devem ser estabelecidos pelo(a) veterinário(a) considerando os hábitos e a saúde de cada  cão e gato. Isto é, o risco de exposição à doença em questão e a probabilidade de ocorrer uma reação indesejada.

Uma das vantagens da vacinação anual é a avaliação clínica do animal e a prevenção de doenças futuras, na visita veterinária.

A vacinação deve SEMPRE ser realizada por veterinários. A responsabilidade de examinar o animal antes de ser vacinado, controlar a conservação e procedência das vacinas é muito grande!

Vacinas compradas em lojas podem ser perigosas!

Converse com seu(sua) veterinário(a) de confiança e decidam qual o melhor programa de vacinação para seu(s) animal(is).


Carregando..
 
 
focinho do cachorro
rabo do gato